Cultura & Literatura

Paquera auf Deutsch

Era uma vez uma moça brasileira morando na Alemanha. Solteira, foi ela foi sacudir as cadeiras numa festa de aniversário, comemorada num bar latino. A noite, que é uma criança, tinha tudo para se tornar material de adulto. O espaço pequeno para dançar significava um esfrega-esfrega típico de Carnavais baianos, com corpos colados em ritmos de salsa e mambo. Flertes e paqueras rolavam, pedidos para dançar, olhares furtivos. Mas a moça, apesar de ter dançado com tantos rapazes e ter trocado olhares calientes com um alemão, não vingava na arte de ficar com ninguém. Cadê os beijos molhados carnavalescos, os amassos em algum cantinho escuro, os pedidos para o seu telefone?

 

Nadica de nada.

Read More

Entrevista: Regina Drummond, uma das grandes autoras da literatura infanto-juvenil brasileira

Foi em Viena onde eu conheci a ilustre Regina Drummond, uma escritora mineira com mais de 120 (!) livros publicados para crianças e jovens. Regina me conta das suas décadas de estrada num sorriso largo, sempre disposta a ajudar essa escritora iniciante que, na época, era novata no quesito evento literário. Nos conhecemos há menos de vinte e quatro horas, e já virei fã da Regina.

 

Morando em Munique, Regina não parou de escrever só porque saiu do Brasil. Muito pelo contrário! Sua experiência como expatriada trouxe novas histórias e inspirações. Confira a entrevista com a Regina para conhecer mais sobre sua obra.

Read More

O Caminho de Nietzsche, uma aventura pra lá de filosófica

Perto de Nice, na Riviera Francesa, o vilarejo medieval de Eze nos espera no topo de uma montanha, com suas alamedas pedregosas e provençais. Assim são os lugares mais pitorescos, não é verdade? No cume da rocha, com vistas magistrais do Mediterrâneo, estamos cheios de expectativas.

 

Assim pegamos o ônibus cheio para Èze e lá vimos alguns metros de casas antigas, ruelas estreitíssimas, alguns restaurantes e muitas galerias de arte. No topo do topo, o exótico jardim botânico com cactus de todas as espécies possíveis e imagináveis cortando as vistas do alto. 

 

Read More

O Guia Essencial da Oktoberfest de Munique

Provavelmente o maior festival popular da Alemanha, a Oktoberfest começou com a celebração do casamento real entre o príncipe Ludwig e a princesa Therese da Saxônia-Hildburghausen em outubro de 1810.

 

Os cidadãos de Munique foram convidados a participar das festividades realizadas nos campos em frente aos portões da cidade para celebrar o feliz evento real. Os campos foram nomeados Theresienwiese ("campos de Theresa") em homenagem à princesa, desde então, embora os locais tenham abreviado o nome simplesmente para "Wies'n".

 

Read More

Sem Pressa

Apresso o passo e peço para o menino fazer o mesmo. Faço automaticamente, pois rapidez sempre foi uma qualidade minha, e talvez por isso tenha me adaptado tão bem por essas bandas germânicas. Aqui é o ritmo acelerado, lugar de gente apressada, impaciente. Eficiente.

 

Meu filho reclama que já está andando rápido. Mas ele tem o ritmo típico de criança; às vezes arrebenta numa corrida digna de uma maratona, para de repente frear o ritmo para admirar o canto de um passarinho. Seus olhos registram tudo novo nesse mundão de Deus; são as borboletas que bicam uma flor, um pato no rio, uma bicicleta diferente que atravessa a rua. Tudo é novidade, e tudo é interessante de olhar. E por que então ter pressa?

 

Read More