Cultura & Literatura

Au, au: por que ao complexo de vira-lata permanece atual

Numa discussão sobre a utilização de estrangeirismos ou palavras em outros idiomas em livros brasileiros, comentei minha fascinação com línguas estrangeiras e diferentes culturas. Rapidamente me disseram que eu sofria do complexo de vira-lata. Não vou mentir, esse comentário me doeu.

 

Minha reação foi negar que sofria desse mal; não é porque eu goste de viajar e de culturas que isso me garanta o diagnóstico vira-lata. Muita gente de outras nacionalidades que conheço têm a mesma fascinação.

 

Mas o comentário me fez pensar: será que lá no fundo, no fundo, essa fascinação toda tem alguma coisa a ver com o complexo de vira-lata?

 

Read More

Os alemães e o terror da conversa fiada

Uma das formas que mais me deixam desconfortável na Alemanha são aquelas festas silenciosas, onde cada pessoa espera o outro para engatar uma conversa. Numa festa de aniversário de uma amiga alemã, reinava o silêncio desconfortável de quem não sabe nem por onde começar a conversa. Poderia perguntar wie geht’s? (tudo bom?) para o rapaz sentado ao meu lado no sofá, seria a pergunta de praxe para iniciar o tal do small talk (ou conversa fiada).

 

Entretanto, sem conhecer o cidadão minha pergunta seria vista de uma forma superficial e insincera. Afinal, como alguém que não te conhece pergunta tudo bom? .

 

Read More

Outono na Alemanha, primavera no Brasil: estações coloridas para se aconchegar em livros maravilhosos

O verão se despediu no velho continente, as férias viraram lindas lembranças, a Oktoberfest se foi. Depois de meses de pura intensidade, damos boas vindas à estação colorida do outono. Os dias ficam mais curtos, o frio vai chegando de mansinho. Enquanto isso, no Brasil é hora de primavera. Nada melhor que se aconchegar no sofá, tomar um cafézinho e abrir um livro.

 

Tenho cinco recomendações  de obras que você não vai conseguir largar. Confira!

Read More

Reencontrando o fascínio com a Oktoberfest

Existem muitas coisas maravilhosas em Munique, mas a capital bávara é famosa no mundo por causa da Oktoberfest. De fato, a festa que atrai cerca de 6 milhões de pessoas anualmente é um estrondo. A primeira vez que fui fiquei de boca aberta: as roupas tradicionais tão bonitas, a alegria dos alemães que aflora, as músicas animadíssimas, as paqueras, enfim, uma sensação.

 

Todos os anos lá ia eu com minha Dirndl (roupa tradicional para as moçoilas) comprada na promoção da C&A  e cair na farra, como toda boa baiana.

Read More

O dilema Merkel

Nessa época de eleições na Alemanha muitos dão como garantida a vitória de Angela Merkel. Para seus fãs, a chanceler é a heroína que confronta os “cowboys” da política internacional como Putin, Trump e Erdogan, além de ter dado a oportunidade humanitária a milhões de refugiados de se instalar no país. Para os críticos mais ferozes, Merkel é a vilã que apóia a islamização da Alemanha e que devastou as economias da Grécia e Itália com sua obsessão por austeridade. 

Read More